Jacques Brel

14 - fevereiro - 2008

Tá, eu assumo! Só de ler o nome eu não faria a mínima idéia do que ele canta. Hoje estou em um momento linguas estrangeiras, como seu eu já estivesse postado algo em português. O inglês faz parte do nosso dia-a-dia querendo ou NÃO e acabamos de certa forma getting used to it. Então, para variar um pouco e fazer jus ao meu momento extra-english vou falar sobre algo “diferente”.

Ouvindo músicas em francês, resolvi fazer um post, então começou a saga sobre qual música postar. O que mais tenho escutado em francês é Carla Bruni (sim aquela suposta noiva do presidente da França, Sarkozi – momento fofoca), mas não faria sentido postar música atual aqui. De qualquer forma, escute: Le plus beau du quartier e é claro, Raphaël, não esquecendo de reparar que o vídeo da segunda música aparece escrito Quelqu’un m’a dit hahah). Aí, lembrei que tem a música do Salvadore Adamo, Aline, mas ficaria agocêntrico demais. Eis que me veio a luz: A MÚSICA DA CASSIA ELLER!!! Eu parei! Perae! Quem é que canta Ne me quitte pas?!?!!? Claro que meu assistente pessoal Sr Wiki Pedia Silva me deu uma ajudinha e cá estou com as informações.

Jacques Brel

Jacques Romain Georges Brel (Schaarbeek, Bélgica em 8 de Abril de 1929 – Bobigny, França em 9 de Outubro de 1978) foi um autor de canções, compositor e cantor belga francófono. Esteve ainda ligado ao cinema de língua francesa. Teve contratos com as editora Philips de 1954 a 1962, altura em que assinou pela Barclay um contrato que viria a ser renovado em 1971 por 33 anos (até 2004), não fosse o prematuro falecimento do cantor em 1978.

A música Ne me quitte pas foi gravada em 1959 e regravada inúmeras vezes, inclusive pelas também falecidas Cássia Eller e Edith Piaff.

Achei essa foto curiosa, por isso resolvi postá-la também.

Uma coisa que deve ser observada é que está música jamais foi feita para ser cantada, vide os vídeos.

Geralmente eu coloco só um mas a interpretação deles é simplesmente…

TRADUÇÃO

Não me deixes
É preciso esquecer tudo
Tudo pode ser esquecido
Como o que já se foi
Esquecer o tempo
Dos mal-entendidos
E o tempo perdido
Em saber como
Esquecer essas horas
Que às vezes matavam
Com golpes de porquês
O coração da felicidade

Não me deixes
Não me deixes
Não me deixes
Não me deixes

Eu, eu te oferecerei
Pérolas de chuva
Vindas de um país
Onde não chove
Eu atravessarei a terra
Até próximo à morte
Para cobrir teu corpo
De ouro e de luz
Eu erguerei um domínio
Onde o amor será rei
Onde o amor será lei
E tu serás (eu serei) rainha

Não me deixes
Não me deixes
Não me deixes
Não me deixes
Não me deixes
Eu vou te inventar
Palavras insensatas
Que tu compreenderás
Eu vou te falar
Daqueles amantes
Que por vezes viram
Seus corações se abrasarem
Eu vou te contar
A história de um rei
Morto por não ter
Podido te encontrar
Não me deixes
Não me deixes
Não me deixes
Não me deixes

Por tantas vezes vimos
Ressurgir o fogo
Do antigo vulcão
Que se acreditava velho demais
Parece que ele tinha
Terras queimadas
Dando mais trigo
Que no melhor Abril
E quando cai a tarde
Para que o céu flameje
O vermelho e o negro
não se casam?

Não me deixes
Não me deixes
Não me deixes
Não me deixes

Não me deixes
Eu não vou mais chorar
Eu não vou mais falar
Eu vou me esconder ali
Só para te ver
Dançar e sorrir
E a te escutar
Cantar e depois rir
Deixe que eu me torne
A sombra da tua sombra
A sombra da tua mão
A sombra do teu cão
Não me deixes
Não me deixes
Não me deixes
Não me deixes

«Tenho menos medo da morte do que de me tornar um velho cretino.»
Jaques Brel

Anúncios

Uma resposta to “Jacques Brel”

  1. máxima Mariana said

    Jacques Brel, continuará sendo um poéta das almas, que viveu os desavios da vida, como uma tempestade imprevisível…viveu e vivera para sempre nos nossos corações…

    “Ne me quitte pas?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: